No dia 23 de maio, decorreu a sessão pública de apresentação do Projeto PME CONNECT. Este projeto, promovido pela Associação Industrial Portuguesa (AIP) e pela Deloitte e apoiado pela Casa da América Latina e pela Ordem dos Economistas, pretende «Unir grupos fortemente internacionalizados com PME» que poderão beneficiar de apoios operacionais, através do estabelecimento de relações de cooperação e de parcerias com grandes grupos multinacionais de diferentes áreas de negócio.

José Eduardo Carvalho, presidente da AIP, salientou a importância deste projeto para a consolidação e reforço do aumento das exportações verificados nos últimos anos e do seu peso no PIB, por via da internacionalização das PME, e os seus reflexos fundamentais na economia portuguesa.

Presentes estiveram o Ministro da Economia, Caldeira Cabral, os CEO e os presidentes dos grupos comprometidos com o programa, Mota-Engil, Sonae, Grupo Pestana, Tekever e EDP e representantes de PME portuguesas apostadas no desenvolvimento de estratégias comuns.

A representar a A1V2, estiveram presentes na PME CONNECT a Eng.ª Maria José Vicente, Sócia-Gerente da A1V2, e a Eng.ª Inês Carimbo, Gestora Comercial da A1V2 Portugal e Diretora Regional da A1V2 Colômbia.

Estes executivos foram os embaixadores da A1V2, testemunhando o cariz multifacetado e a marcada vocação multinacional e multicultural desta empresa portuguesa, desde há muito virada para os desafios que novos mercados internacionais representam.

Desenhada segundo critérios técnicos e criativos que espelham a diversidade na interação estreita das suas diferentes áreas de negócio, engenharia, arquitetura e planeamento urbano e territorial, a A1V2 foi construída e cresceu assente em sólidos pilares alicerçados numa estrutura flexível e pluridisciplinar capaz de se adaptar aos mais modernos e inovadores modelos de negócio, claramente perspetivados no reforço da sua já importante internacionalização.

Empreendedorismo, parceria e cooperação são as palavras-chave que, durante os 21 anos de existência da A1V2, têm vindo a ser desvendadas ao mundo, feitas obra em países como Angola, Argélia, Marrocos, Namíbia e Qatar, além de Portugal.

Mais uma vez, com a sua participação ativa na PME CONNECT, a A1V2 revelou ter vocação, atração e aptidão para uma expansão a nível internacional, na senda secular de uma expressiva portugalidade.

Ligações empresariais sólidas pulverizadas por países de quatro continentes são raízes que crescem e se fortalecem, alimentadas por estratégias de investimento altamente competitivas, reflexos de uma cultura empresarial capaz de abraçar outros povos e de assimilar formas de pensar, de viver e de sentir diferentes, respeitando identidades.

Desta forma, a A1V2 marca indelevelmente pelo saber estar e saber fazer, investindo assertivamente, potenciando recursos humanos, tecnológicos e financeiros e desbravando com determinação e inteligência caminhos para o sucesso.

Foi com estes pressupostos que a A1V2 se afirmou na PME CONNECT como uma empresa multinacional portuguesa que olha de frente e desafia o mundo, com arrojo mas também com sentido de responsabilidade e solidez; uma possível parceira de excelência que aposta e se disponibiliza para a união de esforços e para o estabelecimento de parcerias e de protocolos para a cooperação como forma de assimilar experiências e práticas catalisadoras de um crescimento sustentado cada vez mais orientado para uma externalização integrada e integradora.

Assim se apresentou e foi reconhecida a A1V2 na PME CONNECT.