Descrição do projeto

Os principais objetivos inerentes à beneficiação deste troço pressupunham a adoção de soluções que iriam dotar a via com características mais homogéneas. Para tal, procedeu-se à análise do espaço disponível e das  características de cada troço, estudando-se perfis transversais tipo que melhor se adaptavam a cada zona.

Assim, propusemos, onde tal fosse possível, a introdução de vias de bus e de vias para motociclistas aproveitando o espaço disponível pela remoção do separador existente. Previu-se uma pista ciclável ao longo de toda a via.

Este estudo teve início na Boulevard Prince Moulay Abdellah, na rotunda que dá acesso ao Clube Náutico de Témara e terminou com a materialização de um portão de entrada a norte na Avenue Moustapha Assayeh, numa extensão aproximada de 8 km. Incluiu-se ainda, neste estudo, a requalificação de algumas ruas no interior de Harhoura perfazendo uma extensão aproximada de 3,5 km.

Importa referir que um dos principais propósitos pretendidos com esta intervenção foi conferir a cada espaço, características apropriadas para zonas de lazer, e ao mesmo tempo, promover a mobilidade e articulação urbana.

Assim, atuámos sobre a infraestrutura rodoviária segundo padrões de segurança promotores de uma melhor vivência com o peão.

Nesse sentido, e a título de exemplo, na zona da Praça de Saint Germain previu-se a sobrelevação de uma plataforma ao mesmo nível dos passeios.
Sendo uma zona onde se previa um grande fluxo pedonal, pretendia-se com esta medida alertar os condutores para a presença de peões na estrada.

O contributo multidisciplinar da A1V2 para a valorização da frente costeira traduziu-se na beneficiação da infraestrutura rodoviária, dando mais importância ao peão, complementada pela reformulação e pela criação de espaços e equipamentos públicos.

 

Downloads
Ficha do Projecto – Requalificação Urbana da Frente Costeira [PDF]